• denuncias
  • peticionamento
  • mediacao
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Informe-se
  • Empresa de Vigilância e Segurança foi condenada por deixar cerca de 150 empregados confinados em sala sem ventilação, água ou banheiros suficientes
  • logo mpt extensa
  • Pesquisa CNMP
  • MPT cadastra entidades para destinação de recursos
  • banner mudanca sede
  • MPT alerta: coação da empresa no voto do trabalhador é violação trabalhista
  • MPT promove Audiência Pública para debater inclusão de profissionais negros em redes de televisão
  • MPT lança campanha de combate à exploração do trabalho infantil e convoca sociedade para apoiar movimento
  • Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aplica pesquisa para ouvir a sociedade sobre temas prioritários na atuação do Ministério Público
  • Documentário expõe alto índice de mortes no trabalho. Clique para assistir.
  • Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região inicia mudança para nova sede.

MPT-RJ celebra o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas

Dia 10 de Outubro busca promover a aproximação entre a escola e o mundo da segurança e saúde do trabalhador

O Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ) celebrou o Dia Nacional de Segurança e Saúde nas Escolas nesta quarta-feira 10 de outubro. O evento foi realizado na sede do MPT-RJ e reuniu membros, representantes do Ministério do Trabalho (MT), representantes de empresas parceiras e jovens estudantes da rede estadual de ensino.

A celebração é uma iniciativa do Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ), da Fundacentro-RJ e da Secretaria de Estado de Educação do Rio de Janeiro (Seeduc-RJ), com a participação de instituições como o Ministério do Trabalho (MT) e empresas como a Supervia. O objetivo é criar uma cultura de prevenção nos jovens estudantes, e futuros trabalhadores, fazendo deles propagadores da filosofia de saúde e segurança no ambiente de trabalho.

Estiveram presentes representando o MPT-RJ o Procurador-Chefe Fabio Goulart Villela e a procuradora Cynthia Simões Lopes. O idealizador original do projeto, o senhor Orlandino dos Santos, também marcou presença na celebração com os alunos do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Olga Benário Prestes. Além desses, prestigiaram a celebração a médica do trabalho e diretora técnica do Programa de Atenção Integral à Saúde do Trabalhador (PAIST) Maria Christina Rodrigues, o Superintendente Regional do MT no Rio de Janeiro, Alex Bolsas; o Auditor-fiscal do MT, Luiz Carlos Lumbrera e Gisele Guimarães, chefe do setor de Segurança e Saúde do Trabalho do MT.

O procurador-chefe do MPT-RJ, Fabio Villela abriu o evento falando sobre o papel de jovens conscientes e do trabalho digno em uma sociedade democrática, chamando a atenção para o fato de o Brasil ser, atualmente, o 4º país no ranking de ocorrências de acidente de trabalho no mundo. "Melhor do que repararmos é prevenirmos. O trabalho de prevenção passa pela educação das crianças e dos jovens para que se tenha adultos conscientes. Um dos fundamentos do Brasil, enquanto Estado democrático de direito, é a dignidade da pessoa humana, e no mundo do trabalho dignidade passa por um trabalho seguro. O trabalho tem de ser um instrumento de realização pessoal e de concretização dessa dignidade e não um lugar de tristeza e de perda de vidas", destacou o procurador.

No mesmo sentido, a procuradora do MPT-RJ Cynthia Lopes celebrou o crescimento do projeto agradecendo os diretores dos colégios estaduais, os representantes das empresas parceiras e os alunos que compõem o programa de Segurança e Saúde nas Escolas. "Hoje nós temos a oportunidade de desenvolver um trabalho de forma segura. Não há justificativa para que o Brasil se apresente no mundo como um dos países onde mais se morre por acidentes de trabalho", argumentou ela. Falando principalmente aos estudantes presentes, a procuradora destacou que com o projeto "cada um deles tem o compromisso de escrever uma história diferente nas escolas e nas famílias, pois são elementos multiplicadores".

Em sua oportunidade, o senhor Orlandino agradeceu a presença e o apoio de todos que fazem o projeto possível. Além disso, entregou monções de aplauso concedidas pela Câmara de Vereadores de Duque de Caxias aos representantes do Ministério do Trabalho, do BNDES, da Supervia, do Inmetro da Associação de Funcionários da Petrobrás (ASTAPE) e da Light em sinal de reconhecimento das ações desenvolvidas por essas instituições na área de segurança e saúde do trabalho.

O Dia Nacional da Segurança e Saúde nas Escolas foi instituído para promover a aproximação entre a escola e o mundo da segurança e saúde do trabalhador. Seu surgimento resultou de um ato de cidadania que partiu do seu Orlandino, um técnico de segurança do trabalho que passou a desenvolver voluntariamente ações educativas de cunho preventivo em escolas do Rio de Janeiro. Com base nessa experiência, ele elaborou e encaminhou ao Senado um projeto de lei. Dessa atitude resultou a Lei Federal nº 12.645 de 2012, que instituiu 10 de Outubro como o Dia Nacional da Segurança e Saúde nas Escolas, estabelecendo uma data a ser dedicada ao tratamento dessa temática no ambiente escolar.

Hoje o objetivo é ampliar a campanha criando o Dia Internacional de Segurança e Saúde nas Escolas com o apoio da Organização Internacional do Trabalho (OIT), de países interessados e dos parceiros que o acompanham desde o início.

Assessoria de Comunicação • Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ)
(21) 3212-2121 • (21) 9 9423-7936
prt01.ascom@mpt.mp.br
prt1.mpt.mp.br | Twitter: @MPTRJOficial | Facebook: MPTRJ.Oficial

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • AUDIN
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos