• denuncias
  • peticionamento
  • mediacao
  • mov procedimentos
  • autenticidade de documentos
  • administracao publica
  • fraudes trabalhistas
  • liberdade sindical
  • meio ambiente
  • promocao igualdade
  • trabalho escravo
  • trabalho infantil
  • trabalho portuario
  • Informe-se
  • MPT-RJ divulga data, hora e local do Processo Seletivo de Estágio para o curso de Direito
  • Trabalho infantil O FILME
  • Pesquisa CNMP
  • MPT cadastra entidades para destinação de recursos
  • banner mudanca sede
  • MPT lança desenho animado sobre trabalho infantil
  • MPT-RJ seleciona entidades para celebrar convênio de coleta seletiva
  • Edital convoca empregados e ex-empregados do Jornal do Brasil
  • Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) aplica pesquisa para ouvir a sociedade sobre temas prioritários na atuação do Ministério Público
  • Documentário expõe alto índice de mortes no trabalho. Clique para assistir.
  • MPT cadastra entidades para destinação de recursos
  • Procuradoria Regional do Trabalho da 1ª Região inicia mudança para nova sede.

Abril Verde 2019: Brasil tem um acidente de trabalho a cada 48 segundos e um trabalhador morre a cada 3h

Campanha alerta sociedade para importância da prevenção

Um acidente de trabalho acontece a cada 48 segundos, no Brasil e um trabalhador morre a cada três horas. No final desse dia, pelo menos mais oito pessoas se tornarão vítimas fatais de acidentes de trabalho. Foram 4,6 milhões de acidentes registrados no país de 2012 até hoje, sendo quase 800 mil somente no ano passado.

Os dados preocupantes são do Observatório de Saúde e Segurança do Trabalho (MPT e OIT) e ainda são subnotificados. Somente no início de 2019 ocorreram dois graves acidentes envolvendo trabalhadores no Brasil, um deles no Rio de Janeiro: o incêndio no Centro de Treinamento do clube de futebol Flamengo e o rompimento da barragem de rejeitos de minérios em Brumadinho, Minas Gerias – considerado o maior acidente de trabalho do país.

Para chamar a atenção da sociedade e mudar essa realidade, o MPT e vários órgãos parceiros realizam mais uma edição do movimento Abril Verde. Prédios e monumentos serão iluminados de verde, em memória das vítimas de acidentes e doenças do trabalho.

"Muito mais do que lembrar das vítimas, precisamos aproveitar o Abril Verde para tratar da necessidade de prevenção, de cumprir rigorosamente as normas de saúde e segurança no trabalho. O meio ambiente do trabalho deve garantir a vida, a saúde e a integridade física e psíquica dos trabalhadores. Trabalho que adoece e mata não é um trabalho digno e, enquanto sociedade, não podemos mais aceitar os acidentes e doenças do trabalho como efeitos colaterais do progresso", destacou a procuradora do MPT-RJ e representante regional da Coordenadoria Nacional de Defesa do Meio Ambiente do Trabalho (Codemat), Cirlene Luiza Zimmermann.

Por que abril?

O mês de abril foi escolhido para a realização do movimento por conter duas datas importantes para o tema: 7 de abril, Dia Mundial da Saúde e 28 de abril, Dia Internacional em Memória das Vítimas de Acidentes de Trabalho.

Dados Nacionais

ACIDENTES DE TRABALHO REGISTRADOS

4.676.605 acidentes no país desde 2012 até 26/03/19.

789 mil acidentes somente em 2018.

1 acidente estimado a cada 48 segundos, no Brasil.

MORTES ACIDENTÁRIAS NOTIFICADAS

17.387 mortes acidentárias notificadas de 2012 até 26/03/19

1 morte é estimada a cada 3 horas, no Brasil.

2.975 mortes somente em 2018.

GASTOS PREVIDENCIÁRIOS

R$ 80 bilhões gastos com auxílio-doença e aposentadorias precoces por invalidez, decorrentes de acidentes de trabalho e doenças laborais, de 2012 até 26/03/2019.

Dados do Estado do Rio de Janeiro

ACIDENTES DE TRABALHO REGISTRADOS

O Estado do Rio de Janeiro registrou 118.082 acidentes de trabalho de 2012 até 2017. Os municípios de Macaé, Rio de Janeiro e Duque de Caxias, são os locais onde mais ocorreram acidentes no período: 12.808, 10.104 e 9.502, respectivamente.

MORTES ACIDENTÁRIAS NOTIFICADAS

925 acidentes de trabalho com mortes, de 2012 até 2017.

GASTOS PREVIDENCIÁRIOS

Foram registrados no Estado do Rio de Janeiro 87 mil auxílios-doença por acidente do trabalho e o impacto previdenciário dos afastamentos foi de mais R$ 1 bilhão, no período de 2012 até 2017.

Dados Mundiais

2,7 milhões de trabalhadores e trabalhadoras morrem todos os anos, devido a acidentes de trabalho e doenças relacionadas com o trabalho, segundo a Organização Internacional do Trabalho (OIT).

4% do PIB mundial é gasto com acidentes de trabalho.

Fonte: Observatório Digital de Saúde e Segurança do Trabalho – OSST
https://observatoriosst.mpt.mp.br/

Assessoria de Comunicação • Ministério Público do Trabalho no Rio de Janeiro (MPT-RJ)
(21) 3212-2121 • (21) 9 9423-7936
prt01.ascom@mpt.mp.br
prt1.mpt.mp.br | Twitter: @MPTRJOficial | Facebook: MPTRJ.Oficial

Imprimir

  • banner pcdlegal
  • banner abnt
  • banner corrupcao
  • banner mptambiental
  • AUDIN
  • banner transparencia
  • banner radio
  • banner trabalholegal
  • Portal de Direitos Coletivos